Boas práticas para ser um fornecedor de facilities

Posted by
LinkedIn
Facebook
Facebook
Twitter
Google+
https://blog.g4s.com.br/boas-praticas-fornecedor-de-facilities/

Por Rebeca Vieira,  Gerente de Marketing & Comunicação da G4S Brasil

Publicado originalmente no blog da NovoFoco Consultoria


 

Boas práticas para o fornecedor de facilities

O mercado de facilities é muito amplo, com espaço para fornecedores de todos os tipos. A concorrência é acirrada, com variações significativas no valor dos contratos, nas áreas cobertas e até mesmo no tamanho das empresas – segundo dados do Sebrae, no Brasil 70% das empresas de facilities têm até 20 colaboradores. Trata-se de um setor fragmentado e que exige do gestor de facilities um passo para trás para questionar: como escolher corretamente um fornecedor?

É claro que, como tantas outras coisas, isso é relativo. O fornecedor correto é aquele que melhor se adequa às necessidades da empresa, certo? Certo. Mas, independente disso, algumas boas práticas gerais devem ser respeitadas por todos, para garantir que as operações serão seguras e eficientes. Não importa o tamanho ou da abrangência da empresa: um bom fornecedor de facilities deve tomar certas atitudes para merecer a confiança de um contrato.

Falamos em nosso blog sobre as 3 regras de ouro para o setor, mas outros pontos também são indispensáveis para reconhecer um bom fornecedor de facilities. Um deles é a eficiência operacional, demonstrada principalmente pela presença de um plano de operação ininterrupta. Uma empresa bem preparada tem o efetivo adequado e pronto para eventualidades que exijam contingenciamento imediato. Leve sempre isso em consideração no momento do contrato: certifique-se que a empresa está oferecendo um planejamento completo, da operação diária aos planos de contingência.

A capacidade de customização também deve ser levada em conta. Entender a realidade do cliente e oferecer uma solução otimizada é papel do fornecedor de facilities. Isso envolve tanto a mão-de-obra quanto os equipamentos, cronogramas e logística das equipes. Tudo depende da inteligência que a empresa tem por trás de sua operação e o preparo que ela demonstra na ação.  

A própria regulação do mercado já fornece diretrizes para encontrar um bom fornecedor. Conheça as certificações exigidas pelo seu setor e questione a empresa sobre elas. Alguns certificados – como a ISO 14001 (Sistema de Gestão Ambiental), a ISO 9001 (Sistema de Gestão de Qualidade dos Serviços) e a OHSAS 18001 (Sistema de Gestão de Segurança e Saúde Ocupacional) – são indicativos significativos sobre o que o fornecedor está pronto para oferecer. Questione também o uso de materiais e produtos. Todos os produtos utilizados na operação de limpeza devem ser autorizados pelo Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) com selos da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Outra prática para observar com cautela é o respeito ao uso de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) para cada atuação dos facilities – seja ela a manutenção das áreas verdes, a atuação em uma cozinha ou a limpeza de um hospital. O uso de aplicativos de gestão, equipamentos e produtos tecnologicamente bem desenvolvidos, que respeitem a sustentabilidade e a ergonomia e ainda otimizem a operação, são um ponto importante sobre o fornecedor. Indicam que ele respeita e valoriza as pessoas envolvidas em todas as etapas do processo, da mesma forma que busca formas de aumentar a produtividade de cada tarefa.

 

Escolher um parceiro sólido é escolher um operação sólida.

 

Ao confiar a sua operação de facilities a um fornecedor, você escolhe também um parceiro diário, que vai fazer parte do cotidiano da sua empresa. Por isso, essa escolha deve ser feita com calma e segurança. Três índices merecem a sua atenção especial: a opinião dos clientes, a opinião do mercado e a opinião das leis em vigor.

 

Pesquisa NPS

 

A análise NPS reflete o grau de satisfação dos clientes da empresa. A partir perguntas como “Quais são as chances de você recomendar os serviços da G4S para um amigo?”, as notas são dadas.  A presença desta pesquisa (e de um efetivo plano de correção, quando necessário) indica preocupação com a qualidade dos serviços oferecidos.

 

Solidez econômica

 

Checar como a empresa se comporta quanto aos seus débitos – em dívidas trabalhistas e responsabilidades com seus colaboradores –  é indispensável. A CNDT (Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas), por exemplo, atesta se a empresa está em dia com suas obrigações e pode ser consultada online através do CNPJ. Essa informação ajuda a evitar surpresas desagradáveis, como greves e faltas inesperadas de profissionais.

 

Respeito à Legislação

 

A idoneidade da empresa deve estar SEMPRE em pauta no momento da decisão. Encontrar um parceiro com uma forte política de compliance evita o envolvimento da sua marca em uma série de possíveis sanções legais e crises de imagem.

 

Embora seja uma decisão delicada, a escolha de um fornecedor de facilities pode significar o início de uma parceria longa e vantajosa. A gestão unificada dos facilities, quando o fornecedor é capaz de atender diversas frentes e necessidades simultâneas. Ela pode representar ainda mais organização e produtividade para a sua empresa. O setor de facilities oferece um leque imenso de possibilidades, da limpeza, recepção e manutenção predial até a operação de cozinhas, jardinagem e mesmo atuações estratégicas. Um bom fornecedor de facilities pode fazer toda a diferença inclusive nos próprios serviços da empresa contratante. Fique atento e garanta uma boa escolha!

 


Rebeca Vieira - G4S Brasil - Marketing Sensorial

 

Rebeca Vieira é Gerente de Marketing & Comunicação da G4S no Brasil desde 2016. Tem formação em Relações Públicas (Univ. do Estado do Rio de Janeiro – UERJ) e MBA em Administração e Marketing (Fundação Getúlio Vargas – FGV). Há 10 anos lidera projetos de Marketing on e off-line em empresas B2B nacionais e multinacionais (Contax, Interfile, Rodobens) com foco em resultados e geração de novos negócios.

 


Sua empresa está preparada para o “Futuro dos Facilities“? Preencha o formulário e baixe um guia exclusivo para se preparar com o que há de mais moderno

* Esses campos são obrigatórios.