As principais certificações e políticas para Segurança e Facilities

Posted by
LinkedIn
Facebook
Facebook
Twitter
Google+
https://blog.g4s.com.br/certificacoes-e-politicas-seguranca-e-facilities/

Guias que regulamentam e indicam a qualidade dos serviços prestados, as certificações podem fazer a diferença na hora de escolher um fornecedor

 

Certificações e políticas para o setor de segurança e faciliies

 

Independente do segmento, grandes empresas lidam hoje com um tripé estratégico de áreas prioritárias: qualidade, meio ambiente e saúde e segurança. Juntas, elas ganham cada vez mais destaque e têm cada vez mais peso no momento da escolha de um parceiro ou fornecedor.

Para estabelecer as métricas padrões e elevar o nível do mercado como um todo, certificações e normas servem de guias. Utilizando, em sua maioria, um ciclo de PDCA (“plan-do-check-act/adjust”, planejar-fazer-checar-agir/ajustar), elas oferecem ferramentas de melhoria dos processos e gestão, com objetivos diversos em prol da qualidade. Confira a seguir as principais certificações para o setor de segurança e facilities.

 

ISO 9001 – Gestão da Qualidade

 

Focada na gestão e implantação de sistemas internos de qualidade, esse documento serve como ferramenta para nortear os passos da empresa e padronizá-los. A norma avalia 8 princípios de qualidade: Foco no Cliente; Liderança; Abordagem de Processo; Abordagem Sistêmica para a Gestão; Envolvimento das Pessoas; Melhoria Contínua; Abordagem Factual para Tomada de Decisões; e Benefícios Mútuos nas Relações com os Fornecedores.

 

ISO 14001 – Gestão Ambiental

 

Preocupar-se com o meio ambiente vai além do posicionamento intelectual. Com essa certificação, a empresa tem como objetivo identificar e gerenciar os riscos ambientais gerados por sua operação. Trabalhando com políticas como a prevenção de poluição e o comprometimento com a melhoria contínua, uma empresa certificada pela ISO 14001 é considerada ambientalmente consciente e responsável.

 

OHSAS 18001 – Saúde e Segurança

 

Gerenciar os riscos à saúde e à segurança das pessoas. Esse é o objetivo da OHSAS (Occupational Health and Safety Assessments Series) 18001. A norma pode ser adaptada para empresas de diversos tamanhos e segmentos, focando em identificar os riscos e neutralizá-los. Essa certificação foca na melhoria das condições de trabalho dos colaboradores, independente do setor.

 

Green Building Council – LEED – Edifícios sustentáveis

 

A certificação LEED (Leadership in Energy and Environmental Design) busca garantir que a sustentabilidade dos edifícios. Com um método que pode ser aplicado a qualquer momento nas edificações, a LEED possui 7 dimensões a serem avaliadas. Todas elas têm pré-requisitos (práticas obrigatórias) e créditos (recomendações que quando atendidas garantem pontos). O nível da certificação é definido conforme a quantidade de pontos adquiridos e varia de 40 pontos (nível certificado) a 110 pontos (nível platina).

 

Normas importantes e outras certificações

 

Confira outras normas e certificações interessantes para empresas de facilities e segurança:

 

  • ISO 10014 – Aspectos financeiros da qualidade
  • ISO 27001 – Gestão da Segurança da Informação
  • ISO 19600 – Gestão de Compliance
  • ISO 26000 – Responsabilidade Social
  • Certificado por Distinção dos Serviços de Higiene Hospitalar
  • Certificado ServiCert – certificação de serviços

Leia também:

A importância da ISO 9001 para a empresa de facilities

Como a automação pode auxiliar na certificação green building

Siga a G4S no Linkedin! 


 

Robôs, mecanização, novas fórmulas de produtos e tecidos, aplicativos exclusivos… Baixe o e-book e saiba tudo sobre “O futuro dos facilities”:

 

* Esses campos são obrigatórios.